Simoni Sampaio N** Na Pleiboi

BlogsÚltimas Notícias

promessa n°. 4

horas em horas sem saídae você próxima.da próxima vez gozaremos - a plenodos nossos vícios.serás aquela outra - atraentecomo só as outras sabem ser.e eu serei aquele que te dará o alimentoe te fará sorrircomo nunca!...

versos inconclusos· há 11 horas ·Arte & Cultura

opções - n°. 40

visto este casaco velho e fedidoe saio em busca do pãoolhos me reprovam e me abominamflano entre monturos e moscase carrose não sou vistogrito, exclamo, me reprovomas desempenho o meu papel de desgraçadoe peço, e estendo as minhas mãos, mendigomas os outros estão indiferentesa minha voz é tristeas minhas calças, largasos meus sapatos, gastoscorro e faço malabarismose ao fim do dia ganhei alguns trocados:o pão foi garantido...

versos inconclusos· há 11 horas ·Arte & Cultura

o gato n°. 07

os olhos do gatosão como faróis de carrospasseando por entre escombros.sua cauda felina e negraguia-lhe.onde havia um ratosó há abandono.o gato ainda é o donoabsoluto e convictoda grande noite...

versos inconclusos· há 11 horas ·Arte & Cultura

Martín com N

Rio - Já estou aqui, e no Copacabana Palace, onjde daqui a poouco vai se realizar a entrevista com Justin Timberlake. É curioso que há dois sábados en

Estadão Últimas Notícias· há 10 horas ·Notícias

a fragilidade n°. 1100

casas de palhacasas de ferroanos de lutas infantis e destrutivaso homem é este homem de arame e de correntesé este lobisomem sem piedadesuas casas não guardam segurançatudo é tão frágil nos anos maltratadoso céu vermelho incide com seus raiosuma carga pesada de fenômenosnão somos nenhum fantasmaporém não somosaquele herói cantado em verso e prosaas nossas fúrias resistem até que acabem-see nada resta além do só cançassonada é perpétuoos deuses também mudamnossos neurônios tropeçam neles mesmosas nossas casa

versos inconclusos· há 10 horas ·Arte & Cultura

cicatriz n°. 4

após o banho toda a toalha é asperatodo o movimento é bruscotodas as partes do corpo doempós o sonodesligo-me do mundoe vago em ondas passadas e sem voltaapós o coito (?)meus dias não descontamos sonhos que nunca se criaramsujeito-me às desventurasdos passos sempre trôpegosnos dias se esvaindo...

versos inconclusos· há 10 horas ·Arte & Cultura

cicatriz n°. 1

moendo-nos de sonodamo--nos a eleneste frio caladodamo-nos à camaaos cobertoresenquanto a noite é cinzaformam-se as nuvensdentro do quartoo ar é carregadosilêncio e calmano ar cristalizadoela inda dormecostas me doemo peito é um velatórionão uso mais pijamasos corpos já são gastosinvernos são frequentesos outros estão mortos

versos inconclusos· há 10 horas ·Arte & Cultura

a manhã - n°. 9

não há café nem pães nem geléiasa preguiça ainda prevalece ativaa boca conserva o gosto amargo do sono

versos inconclusos· há 10 horas ·Arte & Cultura

idealização n°. 7

a vida sem o calendáriosem as horassem os compromissos...a vida sem portassem chefessem condicionamentos...a vida com amadas(in) certase (im) previsíveis...a vida não como ela émas a vidacomo deveria...

versos inconclusos· há 10 horas ·Arte & Cultura

advertência n°. 13

não comas da carnenem bebas do sanguenem tentes apropriar-tedos cabelos e olhosessas iguariasem definitivonão o sãopara o teu bico!

versos inconclusos· há 10 horas ·Arte & Cultura

a beleza n°. 001

a ideia de belezaa simples ideiafaz-nos satisfeitos.agora imaginem a beleza realaquela que enfeitiça.essa, além do prazer, comovee transporta-nos aos paraísos...

versos inconclusos· há 9 horas ·Arte & Cultura

rosto n°. 4

com as rugas o rosto não tem onde ser mostradonão há nenhum espelho à vistafotografias nulas não arranham a faceninguém saimas outros sempre entramcomo se o interesse preponderasse, às escondidas...as sementes talvez germinemtalvez se enfunerem em féretros sem voltamais de dez coisasmenos as sobrasuma casaum rio perdido sem os reflexose a desesperança enrodilhada e dura...

versos inconclusos· há 9 horas ·Arte & Cultura